27 de jul de 2011

25% do lucro mundial do Santander é no Brasil

Comentário: O engraçado é que não vi nenhum comentarista de economia achar isso uma vergonha. Tudo culpa de taxa de juros que beira ao ilícito penal e penaliza a população e valoriza o capital especulativo que enche as tufas no país.
Da Agência Reuters

MADRI (Reuters) - O banco espanhol Santander anunciou nesta quarta-feira queda de 21 por cento no lucro do primeiro semestre, abaixo da expectativa de analistas.
O lucro de 3,501 bilhões de euros foi afetado por provisões extraordinárias de 620 milhões de euros no Reino Unido.
A América Latina voltou a ser o principal motor do grupo, com aumento do lucro líquido de 15,8 por cento na região no semestre, para 2,457 bilhões de euros, representando 44 por cento do lucro total do grupo.
O Santander Brasil teve alta de 7,6 por cento do lucro no primeiro semestre, para 1,381 bilhão de euros (25 por cento do resultado do grupo). A subsidiária brasileira ainda reportará à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) seu balanço detalhado, em reais.
O grupo Santander reiterou que espera fechar 2011 com lucro recorrente próximo ao do ano passado, mantendo o dividendo em 0,6 euro por ação.
O lucro recorrente do maior banco da zona do euro ficou em 4,121 bilhões de euros no primeiro semestre, resultado 7,3 por cento menor que em igual etapa de 2010.
A previsão média de analistas para o lucro líquido do banco espanhol era de 4,149 bilhões de euros.
REINO UNIDO
As provisões no Reino Unido serão para cobrir eventuais reclamações por seguros vendidos, informou o banco, que segue medidas similares a tomadas por instituições financeiras britânicas como Barclays, Llodys e RBS no primeiro trimestre.
"Se vão seguir adiante com o plano de abrir o capital da filial britânica, é claro que querem sanar o balanço, mas isso não responde a pergunta de por que não fizeram isso junto com os outros bancos", disse o analista Neil Smith, do West LB.
Na Bolsa de Madri, as ações do Santander recuavam 2,5 por cento por volta das 7h (horário de Brasília).


Nenhum comentário:

Postar um comentário