11 de mai de 2011

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, recebe prêmio na Austrália

Do JBonline
SYDNEY - O fundador do WikiLeaks, o australiano Julian Assange, foi declarado vencedor da medalha de ouro da Fundação Sydney Peace, uma das premiações mais prestigiosas da Austrália na área da defesa dos direitos humanos.
A Sydney Peace Foundation anunciou que o prêmio homenageia a "coragem excepcional de Assange na defesa dos direitos humanos".
O prêmio da paz é entregue anualmente há 14 anos, mas a medalha de ouro só havia sido atribuída a outras três pessoas: o Dalai Lama, o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela e o japonês Daisaku Ikeda, da associação budista Soka Gakkai.
A fundação prestou homenagem a Assange por sua "determinação para conseguir maior transparência dos governos".
Ao divulgar milhares de telegramas diplomáticos nos quais representantes dos Estados Unidos expõem com franqueza seus pontos de vista sobre a atualidade internacional, o Wikileaks provocou reações de irritação no mundo, além de vergonha das autoridades de Washington.
O Wikileaks também publicou milhares de documentos relacionados com as guerras no Iraque e Afeganistão.
Julian Assange, 39 anos, está atualmente em prisão domiciliar na Grã-Bretanha por uma acusação de abuso sexual supostamente cometido na Suécia, em agosto de 2010. Ele nega as acusações e afirma ser vítima de um complô.

Nenhum comentário:

Postar um comentário