14 de abr de 2011

Empresa paulista lança arma não letal

Do IG



“É uma arma de imobilização e autodefesa que tenta criar uma cultura de paz, uma vez que outros sprays de contenção, como o gás de pimenta, também podem atingir inocentes em uma situação de conflito”, afirma o consultor da ONU Leonardo Sant’Anna, tenente-coronel da Polícia Militar do Distrito Federal.
Uma vez aplicado, o produto provoca desconforto nas narinas, orelhas e inibe a visão, já que cola os olhos do agressor. “Percebemos que alguns produtos em uso no mercado acabam gerando muitas ações judiciais para quem os adota. Então, decidimos investir em algo que não contivesse nenhum agressivo químico”, diz Agnaldo Coutinho, sócio da Poly Defensor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário