22 de out de 2010

A reprotagem da Zero Hora sobre o flagrante de compra de votos pela coligação de Serra

Trio é preso em flagrante por suspeita de compra de votos no norte do Estado

Dois homens e uma mulher distribuíam sacolas de alimentos em um bairro de Coxilha

Leandro Becker
leandro.becker@zerohora.com.br


Dois homens e uma mulher foram presos em flagrante nesta quinta-feira pela distribuição de alimentos com a finalidade de comprar votos de eleitores em um bairro carente de Coxilha, no norte do Estado. Eles fizeram a entrega das sacolas econômicas em um caminhão com adesivos e faixas da campanha do candidato à presidência José Serra (PSDB).
O Ministério Público recebeu uma denúncia de que estaria havendo compra de votos e comunicou o fato à Polícia Rodoviária Estadual de Coxilha, que abordou o caminhão e conduziu os envolvidos e o veículo até a Polícia Federal de Passo Fundo.

Conforme o delegado Celso André Nenê Santos, dois suspeitos admitiram em depoimento estar entregando as sacolas econômicas no bairro Cohab com intenções eleitorais. O terceiro optou por só falar em juízo. Os três foram enquadrados com base no artigo 299 do Código Eleitoral e, logo em seguida, recolhidos ao Presídio Regional de Passo Fundo. O caminhão e os alimentos foram apreendidos e ficarão na sede da Polícia Federal à disposição da Justiça.
As 17 sacolas de alimentos que não foram entregues devem ser doadas a entidades assistenciais. A Polícia Federal prosseguirá com as investigações para apurar se há outros envolvidos no delito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário