30 de out de 2010

O difícil caminho da oposição


Do Sítio POP
Divulgação
O Prefeito de Teresina, Silvio Mendes, lamentou em entrevista ao site Terra a adversidade de concorrer pelo PSDB ao governo do Piauí em 2010, contra o candidato à reeleição e o presidente da República. Somando-se isso ao fato de que ele próprio tem afeição por Lula: “A presença do Lula é devastadora para a oposição porque ele é bem avaliado aqui, inclusive por mim. Eu tenho uma admiração pessoal e até gratidão pelo que nós pudemos fazer juntos".
Dilma Rousseff, candidata de Lula, recebeu, no primeiro turno, 67,09% dos votos válidos do Piauí, enquanto José Serra somou 20,93%. Silvio Mendes obteve 30,08% do eleitorado. O governador Wilson Martins, do PSB, 46,37%.
“Wilson fez a campanha toda centrada na figura do Lula e da Dilma. Ele usou bem, e de forma bastante eficiente, o prestígio do Lula e da Dilma, e isto tem um impacto importante porque o Lula é muito querido”, disse Mendes. Para o segundo turno, a vantagem de Wilson Martins caiu, mas não o suficiente para animar os tucanos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário