26 de out de 2010

Apelo ao fluminense: não deixem a paciência de Conca acabar

Qualquer tricolor não entende a não valorização do principal jogador das últimas temporadas. Indispensável, o jogador está incomodado com a não manifestação do fluminense sobre a sua renovação.

Do Globo.com

Paciência tem limite. E a do apoiador Darío Conca está perto do fim. Com contrato até o fim de 2011, o argentino negocia a renovação com o clube, mas está complicado. As conversas foram iniciadas, no entanto, a proposta oferecida não agradou o jogador, que está começando a se incomodar com a situação.

- Estou esperando. Há um mês e meio que eu falei com eles (diretoria) e depois disso não chegamos a um acordo. Depois não tive notícia. Só falam que vai ser semana que vem, e não tenho notícia. Se tiver que renovar, estou esperando. Todos sabem que me sinto bem aqui, mas se não me procurarem... Está chegando o final do campeonato e está difícil – desabafou Conca, para em seguida questionar a demora dos dirigentes:

- Eles falaram que queriam renovar, mas na primeira reunião não chegamos a um acordo. Do outro lado não sei se tem vontade de renovar. Se acham que não está na hora da renovação tudo bem, mas se não me procurarem vai ficar difícil.

Com elenco repleto de estrelas, Conca tem sido o destaque do time. O jogador participou de todas as 31 partidas do Brasileiro. Com salário inferior aos de Fred e Deco, por exemplo, ele aguarda uma valorização maior da diretoria.Tanto que esta não é a primeira vez que o argentino demonstra insatisfação com a situação contratual. Em agosto ele adotou o mesmo tom do discurso e chegou a dizer que como a carreira de jogador é curta não podia pensar apenas com o coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário