5 de out de 2010

Entrevista Tânia Bacelar

Do sítio do Centro Celso Furtado

A história da economista se confunde com a história da Sudene

O curioso é ela afirmar que antes votava em Marco Maciel, porque a faculdade de Filosofia votava nele, depois se politizou. O texto deixa clara a competência de  Celso Furtado, um brasileiro reconhecido no mundo inteiro e marginalizado por culpa de anos de neoliberalismo. A história recompensará este defensor do Brasil.

http://www.centrocelsofurtado.org.br/adm/enviadas/doc/pt_00000129_20100916100643.pdf

Nenhum comentário:

Postar um comentário