2 de nov de 2010

A imprensa da extrema direita não cansa


Comentário: não satisfeito em declarar voto em Serra, o Estado de São Paulo tenta criar fato para desestabilizar a coligação no primeiro dia após a eleição.
Do globo.com
O deputado federal José Eduardo Cardozo (PT), um dos coordenadores da campanha de Dilma Rousseff, chegou à casa da presidente eleita às12h20 desta terça-feira (2). Ele disse não ter conhecimento de reclamações que teriam vindo do PMDB por não ter representante nas reuniões promovidas por Dilma Roussef nesta segunda (1º). "Não tenho conhecimento de qualquer reclamação. Nós vamos falar com todos partidos", afirmou Cardozo.
Segundo reportagem publicada nesta terça-feira pelo jornal "O Estado de S. Paulo", integrantes do PMDB teriam ficado insatisfeitos com a atitude de Dilma Rousseff. Somente petistas foram chamados pela presidente eleita para tomar as primeiras providências no processo de transição de governo.

Nesta terça-feira, José Eduardo Dutra deve participar de um jantar com o vice-presidente eleito, Michel Temer, e com lideranças do PMDB. José Eduardo Cardozo não soube dizer se ainda nesta terça-feira Dilma receberá líderes do PMDB. Cardozo também falou que acredita que vai ter um papel no governo de transição, mas disse que sua função ainda não está definida.Nesta segunda-feira, Dilma se reuniu com o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, o deputado federal Antonio Palocci (PT-SP), o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel e o assessor da Presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, entre outros assessores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário