3 de fev de 2011

Brasil: o paraíso dos bancos

Do Terra
Comentário:  olha o absurdo: 25% do lucro global da instituição foi realizado no Brasil. Alguém em sã consciência vê função social neste tipo de contrato. Parabéns ao STJ e STF que avalizam esta vilipendização do patrimônio nacional. 


O lucro do banco espanhol Santander, líder na zona euro por capitalização na Bolsa, caiu 8,5% em 2010, a 8,181 bilhões de euros (US$ 11,3 bilhões), mas na América Latina registrou alta de 25%, com destaque para o crescimento de 31% no Brasil. Os créditos aumentaram 32% e os depósitos 28% no País. O lucro brasileiro representa 25% do total obtido pelo Santander, contra 20% em 2009. O resultado da Espanha configura 15% do total de 2010 (contra 26% no ano anterior).
A diversificação geográfica do Santander aumentou em 2010, com mais peso na América Latina, especialmente no Brasil - onde o banco adquiriu o Real-, e no Reino Unido, com uma presença menor na Espanha. "Estes resultados evidenciam a sólida capacidade de geração de lucros, que pelo quarto ano consecutivo superam 8 bilhões de euros, no pior contexto econômico em várias décadas, e se deve em grande medida à diversificação geográfica e de negócios do grupo", completa o banco. "Os resultados nos situam novamente nos primeiros lugares do setor bancário mundial", afirmou o presidente do grupo Santander, Emilio Botín.
"Esta evolução está afetada pela entrada em vigor no terceiro trimestre da nova circular do Banco da Espanha em termos de reservas, cujo impacto líquido nas contas do banco chegou a 472 milhões. Sem esta dotação, o lucro teria registrado queda de 3%", explica o Santander em um comunicado.
Em 2009, o lucro do banco subiu 0,7% na comparação com 2008, a 8,943 bilhões de euros (US$ 12,52 bilhões).Mas a queda do lucro não aconteceu na América Latina, que registrou alta de 25%, a 4,804 bilhões de euros. Na região, o crédito aumentou 30% e os depósitos 28%.
Os lucros obtidos na Europa Continental representam 35% do total (contra 48% no ano anterior), os da América Latina 43% (36%), os do Reino Unido 18% (16%), e os do Sovereign (Estados Unidos) 4%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário