15 de fev de 2011

China, agora 2ª maior economia do mundo, tem 150 mi de pobres


Do terra
A China, que na segunda-feira se tornou oficialmente a segunda economia mundial ao desbancar o Japão, informou nesta terça-feira que não devem ser esquecidos os desequilíbrios do desenvolvimento e, em particular, os 150 milhões de pobres do país.
"É uma notícia muito importante", declarou Ma Zhaoxu, porta-voz do ministério das Relações Exteriores, que destacou os notáveis progressos realizados nos últimos anos pela economia chinesa. Ao mesmo tempo, reconheceu que em vários aspectos a China registra "atrasos".
"Se nos referimos à norma da Organização das Nações Unidas (ONU) de um dólar por dia e por pessoa, há ainda 150 milhões de pessoas que vivem em estado de pobreza na China", disse o porta-voz. Para ele, o Produto Interno Bruto (PIB) é um "índice que mede a potência econômica de um país, mas não o único".
Apesar de ter superado o PIB do Japão em 2010, a China, país com a maior população do mundo (1,3 bilhão de habitantes), tem uma renda per capita dez vezes inferior a do país vizinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário