26 de out de 2011

Mulher comemora velório de ex-marido

Do Diário do Sul

TUBARÃO – Uma comemoração macabra foi contida pela Polícia Militar em frente a uma funerária de Tubarão no início da tarde de ontem. Um grupo de pessoas estourou fogos de artifício durante o velório de um homem, como forma de comemorar a morte. Vilson de Souza Marcelino, de 67 anos, possuía antecedentes criminais e faleceu em decorrência de um choque séptico.
A Polícia Militar foi acionada para conter a manifestação em frente à Funerária Renascer, onde o corpo de Vilson era velado, por volta do meio-dia de ontem. Os fogos estariam sendo estourados por uma ex-companheira do próprio falecido, acompanhada de outros familiares e de conhecidos.
O princípio de tumulto foi controlado de forma rápida e o velório continuou ocorrendo sem transtornos, já que a ex voltou para casa após conseguir estourar os fogos e demonstrar seus sentimentos. O susto maior foi apenas no início, quando as pessoas que estavam no estabelecimento funerário não sabiam o que estava acontecendo e se surpreenderam com os estampidos.
Vilson ficou conhecido no meio policial há alguns anos. Ele teria sido preso após cometer um homicídio dentro de um bar de Tubarão e por se envolver em alguns desentendimentos familiares. Após um período no presídio, o acusado chegou a ser solto e não teria voltado a cometer crimes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário