17 de jan de 2011

Os estudantes e a apreensão de maconha

Um estudante de direito foi pego em uma praia próxima da comarca com pequena quantidade de maconha e foi designada audiência a fim de aplicar medida sócio-educatica.
Na audiência o Juiz começou a explicar os malefícios da conduta e perguntou o que fazia.
O réu afirmou que não trabalhava, só estudava.
O Doutor, ao saber que o réu estudava perguntou em que grau estava.
-Estou fazendo faculdade!
Do quê? perguntou o Juiz.
-De Direito. afirmou o réu.
O Juiz indignado retrucou:
Ora, se tu faz direito já devia saber que a conduta é reprovável!
Sabe doutor, é que eu estou ainda no segundo semestre e não fiz nenhuma matéria de penal.
O Juiz não se conteve: e precisa!

A audiência seguinte também versava sobre a mesma situação, onde o réu foi pego com maconha, e o magistrado, começou a fazer as mesmas perguntas para o depoente.
O que você faz?
-Eu estudo. Respondeu o depoente.
Só me falta dizer que faz direito. retrucou o Juiz.
Não, eu faço agronomia.
Bah, então já é do ramo! afirmou de imediato o Juíz.
O advogado nomeado e o servidor que estava fazendo a digitação do termo de audiência se racharam de rir.
-

Nenhum comentário:

Postar um comentário