30 de mar de 2012

Demóstenes, o grego

Por Marcelo Tas
Demóstenes (384 – 322 a.C) descobriu a oratória aos 8 anos. Nesta idade presenciou um julgamento onde Calístrato, orador habilidoso, mudou o rumo de uma sentença encantando a platéia e o juri com palavras. Descobriu no ato o que queria da vida: ser político!
Passou a treinar sua oratória sistematicamente no subsolo de sua casa. Chegou a raspar um lado da cabeça tudo para não parar de estudar. Com um lado da cabeça sem cabelo ele não saia da sala por vergonha. Pragmático, o Demóstenes.
Por fim, se tornou um dos maiores oradores gregos, destacando-se pela oposição ao governo. Líder do seu partido, teve a promissora carreira de político comprometida em Atenas ao aceitar dinheiro para facilitar a fuga de um ministro do invasor Alexandre, o Grande.
Preferiu tomar veneno a ser capturado por seus inimigos.
..::..
PS: qualquer semelhança com fatos da realidade brasileira é mera coincidência. Mas… que nominho forte tem esse tal Demóstenes, hein?

Nenhum comentário:

Postar um comentário